+55 27 3251-2833

Quem Somos

Quem Somos

Quem é a fateffir

OS CURSOS DA FATEFFIR SÃO RECONHECIDOS PELO MEC OU PELA CAPES DO BRASIL? RESPOSTA:  NÃO

A Faculdade de Teologia e Filosofia Fides Reformata – Fateffir University é uma instituição de ensino superior
norte-americana, autarquia da Assembly of God Church  Manacial  – Miami, Florida – United States of America, com representação em território brasileiro, devidamente registrada em Cartório e Receita Federal, de acordo as leis brasileiras.  Portanto não necessita responder as diretrizes de ensino do MEC. Seus cursos são intracorpus, visto que, embora ministrados por uma instituição brasileira, tendo como professores, grandes mestres brasileiros e alguns estrangeiros, toda a supervisão se dá pela autoridade acadêmica dos Estados Unidos da América, na pessoa de seu REITOR INTERNACIONAL, Dr. Gilberto Sena e de sua equipe de mestres de alguns outros países europeus e latino-americanos.

 

QUE TIPO DE RECONHECIMENTO OFICIAL OS CURSOS DA FATEFFIR POSSUEM:

A FATEFFIR, Faculdade de Teologia e Filosofia Fides Reformata é registrada na I.A.O. A  I.A.O – International Accreditation Organization  é uma agência de  garantia de qualidade educacional internacional que trabalha para melhorar os padrões de educação em todo o mundo. A FATEFFIR é acreditada pela I.A.O (International Accreditation Organization) que por sua vez mantém parcerias com a CONEAU (Agencia Acreditadora de Universidades Argentinas), IAQMA (Associação Educacional do Leste Europeu), E.L.L.F (Sociedade Educacional responsável pela reforma educativa no Líbano), ANEAES (Instituição Educativa Reguladora situada no Paraguai), HEQEC ( Agência Acreditadora situada na Latvia – Norte Europeu). A CONEAU e a agência que cuida do padrão de cursos de pós-graduação na Argentina (Equivalente a CAPES DO BRASIL).
Existe um acordo bilateral entre Brasil e Argentina por conta da equivalência do padrão de excelência entre CAPES e CONEAU. A FATEFFIR como universidade reconhecida pela I.A.O (International Accreditation Organization), desfruta de todos os privilégios oriundos desse leque de convênios.

Ao ser reconhecida pela I.A.O a FATEFFIR passa a integrar a uma das mais importantes instâncias educacionais do mundo.

A FATEFFIR é uma instituição de ensino que busca alto padrão de excelência, tendo também o reconhecimento da A.A.H.E.A – American Association for Higher Education & Accreditation – criada em 1870 completando nesse ano de 142 anos de atuação, acreditando universidades nos Estados Unidos da América.
No Brasil a FATEFFIR é parceira de várias universidades privadas, desfrutando de respeitabilidade, credibilidade e sendo apreciada pelos amantes da educação como uma instituição idônea.
A FATEFFIR mantém alguns mestrados sob a acreditação da International Accreditation Organization e American Association for Higher Education & Accreditation.
Os mestrados na FATEFFIR são considerados intracorpus porque sua legitimidade se dá através de suas agências acreditadoras internacionais.

 

QUANDO EU TERMINAR MEU CURSO PODEREI PRESTAR CONCURSOS PÚBLICOS COM  MEU DIPLOMA?

 Estamos amadurecendo muito no Brasil neste sentido. Até o ano de 2014, ano da copa do mundo, o Brasil estará enviando 75 mil (setenta e cinco mil)  alunos bolsistas para estudarem no exterior. Isto custará ao Brasil cerca de R$3.000.000, bilhões de reais, conforme noticiou o Jornal da BandNews na madrugada de 20 de dezembro de 2011. A todo instante vemos as propagandas na televisão brasileira veiculando isto. No portal do MEC está esta notícia também, confira o link:  http://centraldemidia.mec.gov.br/play.php?vid=1051  e também incentivo da CAPES no link: http://www.capes.gov.br/bolsas/bolsas-no-exterior
Somente portadores de diplomas reconhecidos pelo MEC possuem o direito nato de prestarem concursos  públicos. Destarte, quando estes alunos voltarem, serão portadores de diplomas estrangeiros, terão que passar pela revalidação. Se o Governo está investindo dinheiro público nesta empreitada tem que honrar também aqueles que irão estar longe do aconchego de seus entes queridos e se desgastando nos estudos. Diplomas estrangeiros não valerão para eles no Brasil? Claro que sim, senão seria uma contradição.
Algumas prefeituras estão apostando no alto nível de ensino praticado pela FATEFFIR, bem como sua idoneidade. Assim pessoas estão estudando na FATEFFIR com apoio de repartições públicas municipais tendo incentivo crescimento em suas carreiras profissionais em seus municípios.
Temos como alunos e professores que são pessoas ilustres da vida acadêmica Brasileira. Temos professores de Universidades públicas como alunos e como professores.
Os alunos estudam em sala de aula. Estudam através da internet com aulas pelo Skype, recebem apostilas, e-books, aulas em áudio e toda orientação necessária para sua caminhada acadêmica.
A FATEFFIR não promete revalidação de título a ninguém, porque isto não é competência dela.

QUAL A VANTAGEM DE SE ESTUDAR NA FATEFFIR?

A FATEFFIR, dentro do espírito revolucionário de Paulo Freire, representa em nossos dias uma proposta de reforma educacional. Uma educação inclusiva, que vai até as regiões mais remotas ou excluídas de nosso país. Admite alunos por via de bolsas de estudos, subsídios e preço simbólico de manutenção dos cursos, onde se inclui a remuneração dos professores e a manutenção do funcionamento de uma base brasileira de sustentação do projeto.

“Autor de “Pedagogia do Oprimido”, um método de alfabetização dialético, se diferenciou do “vanguardos intelectuais de esquerda tradicionais e sempre defendeu o diálogo com as pessoascomo método, mas como um modo de ser realmente democrático.”

A FATEFFIR é um projeto educacional de cunho social que tem como base a promoção humana, tão preconizada pelos sonhadores ilustres da esquerda brasileira. A FATEFFIR representa uma reação do excluído, um grito do oprimido na busca par ter acesso à mesa da formação acadêmica, em um país que ocupa a 84ª posição no índice de desenvolvimento humano, configurado pela injustiça social, configurado por um abismo de desigualdade e iniqua distribuição de rendas. A FATEFFIR é um projeto para o excluído  do conhecimento, tão reservado a uma elite brasileira que domina e impede a ascenção do fraco e humilhado.
A FATEFFIR ressuscita o espírito revolucionário de Paulo Freire. Paulo Freire foi expulso do Brasil na época da ditadura, porque tinha ideias educacionais antiburguesas e que contrariava a elite dominante. A FATEFFIR é criticada pelos seus métodos de inclusão educacional de promoção humana também.
“O educando criaria sua própria educação, fazendo ele próprio o caminho, e não seguindo um já previamente.” – Paulo Freire.
“Sua “pedagogia do oprimido” insere-se no grande movimento da “pedagogia crítica”, também chamada de “radical” ou “revolucionária”, dependendo do contexto.    Paulo Freire continua sendo a grande referência da educação emancipadora. Ele pode ser comparado a muitos educadores do século XX, mas ninguém, melhor do que ele formulou uma pedagogia dos silenciados e da responsabilidade social, dos oprimidos e também dos não oprimidos, mas que estão comprometidos com eles e com eles lutam, como afirma na dedicatória do seu livro mais conhecido, Pedagogia do oprimido. construído; libertando-se de chavões alienantes, o educando seguiria e criaria o rumo do seu aprendizado.”.